Registrar e monitorar árvores nativas  e ainda incentivar o plantio de novas mudas . Essas são as missões do aplicativo Viva Floresta, desenvolvido pelo viveiro de mesmo nome.

O app funciona de uma forma colaborativa. Após registrar a localização exata da árvore, o usuário acrescenta as outras informações, como o nome da espécie, o tamanho e condições.

Não é necessário preencher todas as informações. Caso o colaborador não saiba o nome da árvore, por exemplo, outro usuário pode completar o informativo.

Parque da Cantareira, em São Paulo

Créditos: Flickr/vcheregati

Parque da Cantareira, em São Paulo

A primeira cidade brasileira a ser incluída na rede será São Paulo. De acordo com o Viva Floresta, a capital paulista possui mais de 600 mil árvores nativas.

Com CicloVivo